sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Sonhos de Outrora














Dormia o meu coração
Nos teus olhos tão distantes
Estrelas de amor sereno
Sombras negras de estudante.

Segredos de uma promessa
De um beijo no meu jardim,
Deixam na alma a saudade
De uma alegria sem fim.

Agora é chegado o momento
Em que devo dizer adeus
Aos teus olhos cor de fado
Que um dia já foram meus.

E se acaso perguntarem
A razão do meu chorar
Direi que um dia na vida
Soube bem o que era amar.

Acorda o meu coração
Numa doce ilusão sentida
A vida é melhor que um sonho
Ao cantar uma trova querida.

















Eterno sonho de outrora
Fez de mim o que hoje sou
Trago na alma o sorriso
Da criança que o tempo guardou.


Agora é chegado o momento
Em que devo dizer adeus
Aos teus olhos cor de fado
Que um dia já foram meus.


E se acaso perguntarem
A razão do meu chorar
Direi que um dia na vida
Soube bem o que era amar.

2 comentários:

el_Alexis disse...

Hola!
Te agradezco el link

SAludos para ti

Alexis

http://produceideas.blogspot.com

Chris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.